BluPay e as fintechs: inovação e tecnologia

homem-lendo-informações-e-planilhas-de-resultados-no-papel-e-no-monitor

Saiba como esse ecossistema de empresas soluciona desafios e otimiza o nosso dia a dia

 

Quanta coisa ficou diferente nos últimos anos, não é mesmo? Há algumas décadas, notamos os impactos da tecnologia diretamente em nossos telefones, computadores e conexões. A inovação acelerada transformou ações e objetos, e é difícil encontrar segmentos que não se atualizaram.

 

O setor financeiro está entre os impactados pelas mudanças. Afinal, as novidades afetaram a maneira como lidamos com o dinheiro. Passamos por cheques, cartões e depósitos em espécie, até chegar aos atuais meios de pagamento, digitais, instantâneos, simples e otimizados.

 

São transformações expressivas em nosso dia a dia. Os sistemas e plataformas que temos à disposição resolvem desafios enfrentados durante muito tempo, como a burocracia e a lentidão. Se hoje podemos contar com opções mais rápidas do que as tradicionais, um dos motivos é a constante busca por melhorias. 

 

É nesse contexto de inovação que surgem as fintechs, empresas que unem, como o próprio título diz, finanças e tecnologia. São instituições que, em sua essência, pensam em como deixar os processos mais ágeis e fáceis, reduzindo despesas no desenvolvimento e na implementação de novas atividades direcionadas ao segmento financeiro.

 

Combinando as necessidades do setor com as exigências dos clientes e as possibilidades inovadoras, era de se esperar o impacto positivo das fintechs. A atuação pode até ser em diversas áreas, como pagamentos, crédito, investimentos e gestão financeira, mas o objetivo é geralmente o mesmo: proporcionar mais agilidade a empresas e clientes.

 

No post de hoje do blog da BluPay, vamos compartilhar mais informações sobre o que são as fintechs, algumas das principais diferenças para bancos digitais e como a BluPay participa do ecossistema dessas instituições. Os temas do post são:

 

  • O que são fintechs?
  • Fintechs e bancos digitais;
  • BluPay e a participação no ecossistema.

 

O que são fintechs?

 

Você já percebeu como há muitas empresas que atuam incansavelmente para simplificar operações? Muitas dessas companhias, dedicadas a pesquisar soluções para agilizar processos ou facilitar o atendimento ao cliente, são as fintechs.

 

As fintechs trazem mais inovação para diversas áreas do setor financeiro. Mas o que são as fintechs?

 

São empresas que utilizam a tecnologia no desenvolvimento de novos produtos, sistemas e serviços para o segmento financeiro, facilitando a rotina de instituições e de clientes do ecossistema.

 

Uma de suas principais características é a velocidade entre a elaboração e o lançamento de produtos. Contrárias a processos engessados, o modelo de negócios das fintechs passa por identificar rapidamente uma necessidade e, a partir daí, pensar em uma solução adequada com a mesma rapidez.

 

Direta ou indiretamente, você já deve ter utilizado alguma inovação estruturada pelas fintechs. São plataformas que estão em nosso cotidiano, no pagamento de contas, na realização de compras, na emissão de cartões e em muitos outros setores.

 

Obviamente, essa capacidade de ação chama a atenção de investidores. Apenas de janeiro a setembro deste ano, foram registrados aportes de US$ 939 milhões nas fintechs do Brasil, informa a pesquisa Distrito Fintech Report. Os investimentos ajudam a entender a importância dessas empresas para a economia.

 

Quais são as principais áreas de atuação das fintechs?

 

O relatório também registrou 828 fintechs em atividade no país, resultado 34% maior do que em 2019. Dentre as 14 áreas de atuação classificadas, veja abaixo quais segmentos contam com mais empresas.

 

  • Meios de pagamento: o setor, responsável por 16,3% das fintechs, desenvolve soluções para movimentações financeiras, como pagamentos digitais ou máquinas de cartão.

 

  • Backoffice: o objetivo dessa categoria, que soma 15,5% do total, é pensar em sistemas que facilitem a gestão das atividades financeiras das empresas.

 

  • Crédito: o segmento completa os três primeiros lugares, com 15%. São novas opções para proporcionar empréstimos e crédito de maneira mais econômica e rápida.

 

As outras áreas comentadas no levantamento são: risco e compliance, serviços digitais, investimentos, criptomoedas, tecnologia, fidelização de clientes, financiamento coletivo, finanças pessoais, dívidas, câmbio e cartões.

 

Como podemos perceber, o formato de atuação das fintechs é muito versátil. Sua tecnologia faz a diferença para empresas e clientes, deixando o setor com mais opções e menos burocracia.

 

Fintechs e bancos digitais

 

Sabia que há diferenças entre fintechs e bancos digitais? E que, em diversos cenários, os dois podem atuar em parceria para o desenvolvimento de novas soluções?

 

Quando comparamos a atuação das fintechs com os bancos tradicionais, essa classificação fica mais simples, pois muitas vezes os processos, estruturas e formatos são bem distintos.

 

Já os bancos digitais, conhecidos por sua atuação online, podem até ser confundidos com as fintechs. Mas é importante entender que, sejam bancos digitais independentes ou conectados com outras instituições financeiras, há diferenças entre essas empresas e as fintechs.

 

A principal delas é que, para ser um banco digital, a empresa deve atender às regulamentações específicas do Banco Central e ser classificada oficialmente como uma instituição financeira. As fintechs não precisam se adequar a essas exigências, apesar de também estarem sujeitas a regras e a legislações, com o objetivo de proporcionar mais segurança aos clientes.

 

Outra diferença é a autonomia que as fintechs têm para se especializar em alguma área. Uma fintech pode optar por disponibilizar apenas serviços de câmbio ou investimentos, conquistando credibilidade e fomentando opções personalizadas ao público.

 

Então, podemos dizer que os bancos digitais trazem as características das fintechs, mas nem toda fintech é necessariamente um banco digital.

 

Mais parceiros do que concorrentes

 

Os bancos digitais propõem serviços bem similares aos que já estão em vigor, como abertura de contas, emissão de cartões e pagamento digital. A principal vantagem é a possibilidade de realizar quase todas as operações de forma online.

 

Tecnologias como o Pix, o novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central do Brasil, e o Open Banking, devem impulsionar ainda mais os setores de fintechs e bancos digitais, aumentando as oportunidades de parcerias.

 

Afinal, assim como acontece com os bancos tradicionais, as instituições digitais também têm o apoio das fintechs para desenvolver soluções e plataformas específicas, enquanto concentram esforços em suas principais atividades.

 

Os resultados são produtos e serviços mais rápidos, econômicos e inovadores para o ecossistema financeiro.

 

BluPay e a participação no ecossistema

 

O objetivo da BluPay é trazer mais autonomia, segurança, economia e velocidade para outras empresas. Nossas soluções são pensadas para otimizar operações e processos dos clientes, resolvendo desafios com uma inovadora tecnologia de pagamentos.

 

A BluPay compõe esse empolgante ecossistema, proporcionando facilidades para as fintechs, e também para empresas, bancos e clientes.

 

Simplificamos a integração de operações das fintechs ao Pix. Dessa forma, mesmo as instituições que ainda não estão adaptadas ao sistema conseguem utilizar os diversos benefícios, como a compensação de pagamentos em segundos, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

 

Outra importante propriedade é a segurança. As plataformas da BluPay são elaboradas com a tecnologia blockchain Corda, resultando em sistemas antifraudes, com mais auditoria e rastreabilidade para as movimentações financeiras. Somos uma empresa Valid e contamos com a ampla experiência do grupo em soluções seguras.

 

Com a BluPay, as fintechs podem expandir sua atuação e compartilhar novidades com os seus clientes, mantendo um atendimento veloz, eficiente e sem burocracia. Saiba como a BluPay disponibiliza mais vantagens para a sua empresa. Visite o site: https://blupay.com.br