Confira quatro vantagens dos pagamentos instantâneos

Mulher alegre navegando no celular em casa

Saiba mais sobre alguns dos principais motivos para utilizar a nova forma de fazer e receber pagamentos

 

Quando o tema é a tecnologia, muita coisa mudou nas últimas décadas. Fazer uma simples ligação exigiu, ao longo do tempo, a atividade de telefonista, fichas de “orelhão” e cartões para telefones públicos, antes da popularização dos aparelhos residenciais e dos celulares, agora smartphones.

 

Outras mudanças significativas vieram a partir do avanço da televisão, computadores e internet, e afetaram diversas áreas. Enquanto algumas profissões foram extintas e peças viraram artigos de museu, registramos o desenvolvimento de novos formatos e equipamentos.

 

Com a maneira de fazer e receber pagamentos, não foi diferente. Há alguns anos, só poderíamos pagar contas de água, luz ou telefone em instituições financeiras, ou correspondentes bancários, até as ferramentas de internet banking e os atuais aplicativos otimizarem a nossa rotina.

 

Para continuar facilitando o cotidiano dos brasileiros, o Banco Central vai possibilitar um novo sistema: o de pagamentos instantâneos. Com a inovação, as pessoas conseguirão realizar movimentações financeiras a qualquer hora, todos os dias da semana.

 

As operações são finalizadas em poucos segundos, com mais velocidade, economia e segurança para clientes, autônomos, empresas e instituições financeiras. Uma notícia e tanto, não é mesmo?

 

Ao lado do Banco Central, empresas e fintechs atuam na elaboração de soluções de pagamentos instantâneos simples e de fácil utilização para o público.

 

A BluPay é especializada em pagamentos instantâneos e entende que, com a divulgação do tema, o total de pessoas interessadas em ter mais vantagens na hora de pagar e receber será maior. O questionamento do sistema financeiro tradicional motiva a pesquisa por soluções que tenham mais agilidade e menos tarifas. Por isso, a informação é tão importante.

 

Você já leu aqui no blog posts sobre o que são os pagamentos instantâneos, como o Banco Central do Brasil está incentivando o sistema e sobre a tecnologia blockchain, utilizada no desenvolvimento de algumas soluções. No post de hoje, vamos compartilhar mais detalhes sobre quatro das principais vantagens desta nova forma para fazer e receber pagamentos:

 

  • Velocidade: movimentações em poucos segundos;
  • Economia: operações com tarifas menores;
  • Segurança: pagar e receber com mais tranquilidade;
  • Acessibilidade: tecnologia inovadora, soluções simples.

 

Velocidade: movimentações em poucos segundos

 

Sabe aquela transferência que, apesar de urgente, só vai ser compensada no próximo dia? Ou então, a fatura que vence hoje, mas ficou esquecida até o término do expediente bancário? Com os pagamentos instantâneos, esses cenários não serão mais empecilhos. As movimentações são realizadas em segundos e os sistemas estão disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana.

 

É simples notar mais situações do cotidiano onde a velocidade dos pagamentos será um ponto positivo. Pagou uma conta? A operação é rapidamente confirmada. Comprou um produto no e-commerce? Em pouco tempo, a loja tem a informação e estará apta a fazer o envio.

 

Para empreendedores e autônomos, ter o pagamento na hora também garante a melhoria na gestão de fluxo de caixa. Logo que recebido, o pagamento pode ser utilizado para quitar outras contas e débitos, com fornecedores ou operadores de serviço. O dinheiro circula mais rápido e fomenta a economia.

 

Economia: operações com tarifas menores

 

O novo sistema vai reduzir muito as tarifas cobradas em transferências financeiras, com despesas consideravelmente menores que as atuais, mesmo que sejam realizadas entre contas de bancos diferentes.

 

As empresas vão economizar com o sistema de pagamentos instantâneos?

 

Sim. As empresas também vão economizar ao utilizar a nova tecnologia. Sem a necessidade de intermediários para receber os pagamentos — como adquirentes (maquininhas) ou cartões de crédito e débito — as empresas têm taxas menores nas movimentações feita diretamente com os aplicativos, do cliente para o estabelecimento.

 

A diminuição de tarifas pode ser um dos principais motivadores para clientes e empresas na utilização dos sistemas de pagamentos instantâneos, com soluções que resolvem desafios ligados ao dia a dia das operações.

 

Também há mais vantagens na autonomia para realizar a gestão dos pagamentos. Em diversos cenários, empreendedores e departamentos financeiros podem emitir as próprias faturas e cobranças, economizando taxas que seriam utilizadas na terceirização da atividade.

 

Segurança: pagar e receber com mais tranquilidade

 

A segurança também é uma vantagem dos pagamentos instantâneos. A infraestrutura do Banco Central consolidará os pagamentos no país e a instituição contará com HSMs, isto é, módulos de segurança para processar informações sobre os pagamentos. 

 

Os HSMs (Hardware Security Modules) são equipamentos que realizam 4 mil operações por segundo, incluindo assinatura digital para as movimentações e autenticação de senhas reforçada pelo sistema one-time password (senha de utilização única). A plataforma ainda considera o regulamento estabelecido pela Lei Geral de Proteção de Dados, deixando os clientes mais tranquilos para fazer e receber pagamentos.

 

Soluções desenvolvidas pela BluPay utilizam a tecnologia blockchain, que reforça a segurança das movimentações com sistemas rastreáveis e auditáveis em tempo real. A tecnologia blockchain não deixa as ações vulneráveis a fraudes e são confirmadas apenas com a validação dos participantes da rede.

 

A popularização dos pagamentos instantâneos deve diminuir a circulação do dinheiro impresso, reduzindo também despesas com transporte e segurança, mantendo os registros em formato digital.

 

Acessibilidade: tecnologia inovadora, soluções simples

 

É importante destacar tecnologias que tenham o objetivo de integrar os 45 milhões de desbancarizados no Brasil à economia. O sistema de pagamentos instantâneos, mesmo com a tecnologia inovadora e disruptiva, é simples e vai facilitar a participação de muitas pessoas.

 

As transferências podem ser feitas diretamente com o celular, em aplicativos ou com QR Codes, e não é necessário ter conta em banco.

 

Os que utilizam o sistema bancário também podem realizar pagamentos instantâneos. Instituições com mais de 500 mil contas ativas deverão aderir ao sistema do Banco Central, ampliando ainda mais o ecossistema de participantes.

 

Quais pagamentos podem ser realizados com o novo sistema?

 

A versatilidade do sistema resulta em muitas possibilidades. Pagamentos instantâneos podem ser feitos entre pessoas, de pessoas para estabelecimentos ou até mesmo configurados para pagamentos de tarifas governamentais, como IPTU e IPVA.

 

Ao contrário de outros serviços de pagamentos, como aplicativos de bancos ou carteiras digitais, restritos a redes específicas, o sistema de pagamentos instantâneos terá integração com muitos setores, empresas e pessoas.

 

Aqui na BluPay, estamos desenvolvendo soluções de pagamentos instantâneos com velocidade, economia, segurança e com o objetivo de disponibilizá-las ao maior número de pessoas. O sistema deve ser homologado pelo Banco Central para começar a partir de novembro de 2020. Saiba mais sobre uma nova forma de fazer e receber pagamentos: www.blupay.com.br