Pix: mais vantagens para a sua empresa

mulher-com-smartphone-e-notebook-em-sala-administrativa-de-loja

Veja motivos para integrar o seu negócio ao novo sistema de pagamentos do Banco Central do Brasil

 

Tempo estimado de leitura: 3 minutos.

 

Começou! Nesta semana foi lançado o Pix, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central do Brasil.

 

O Pix vai transformar a maneira de fazer e receber pagamentos. Com o novo formato, transações financeiras serão liquidadas em segundos e com tarifas reduzidas. O dinheiro cai na hora, mesmo aos fins de semana

 

Como funciona o Pix?

 

Pessoas físicas e jurídicas podem participar do Pix, e um jeito rápido de começar é cadastrando uma chave Pix. Esse registro deve ser realizado em uma instituição autorizada pelo Banco Central do Brasil a operar o novo sistema.

 

As chaves Pix são a principal identificação de clientes e empresas na plataforma, conectando dados bancários a informações como CPF, CNPJ ou e-mail. Basta informar a chave do recebedor e confirmar o pagamento.

 

A expectativa dos brasileiros para o Pix se reflete nas mais de 70 milhões de chaves Pix cadastradas antes mesmo do lançamento das operações, em 16 de novembro.

 

Temos mais informações sobre o Pix no blog. Confira!

 

Benefícios do Pix para as empresas

 

O novo sistema traz muitas oportunidades para as empresas, especialmente para aquelas que buscam agilidade no dia a dia e mais economia.

tabela-com-vantagens-do-pix-para-as-empresas

Confira abaixo os principais benefícios do Pix para a sua empresa.

 

- Os pagamentos caem em segundos, a qualquer horário e em qualquer dia da semana. Enquanto formatos tradicionais de cobrança podem levar até 30 dias entre o pagamento e a liquidação, com o Pix a compensação é na hora.

 

Isso traz mais fôlego para o fluxo de caixa das empresas e menor necessidade de crédito para a manutenção das operações do dia a dia.

 

Alguns setores terão ainda mais vantagens. Para o comércio eletrônico, por exemplo, a liquidação instantânea proporciona agilidade no envio de produtos e uma gestão de estoque mais eficiente.

 

Estima-se que disponibilizar o Pix como forma de pagamento também ajudará a reduzir a inadimplência no e-commerce, um benefício muito importante para o segmento. A Black Friday, primeira data relevante para o comércio após o lançamento do Pix, pode gerar bons resultados para os lojistas prontos para vender com o sistema.

 

- O custo para fazer e receber pagamentos e transferências é reduzido, com tarifas menores do que as cobradas por TEDs, DOCs e maquininhas de cartão. Pesquisa mostra que 92% das PMEs têm alguma taxa para a realização de transferências bancárias* e a diminuição de tarifas ocasionada pelo Pix anima as empresas, interessadas nos impactos positivos do sistema em suas operações. 

 

As transferências com o Pix eliminam diversos intermediários, resultando em despesas menores. O Banco Central do Brasil cobra R$ 0,01 a cada 10 movimentações com o Pix das instituições financeiras, uma taxa muito menor do que as cobradas em DOCs. Essa economia também deve se refletir em melhores condições e produtos disponibilizados pelos bancos para as empresas.

 

- Você ganha novas e rápidas formas de receber cobranças recorrentes e avulsas, como o pagamento com QR Code e com as chaves Pix, e amplia o seu alcance. Afinal, os pagamentos instantâneos também trazem ao ecossistema de pagamentos digitais um vasto número de pessoas que, mesmo sem conta em banco, conseguem fazer compras e transferências com o Pix (são cerca de 14 milhões de desbancarizados no país).

 

- Proporcione melhores experiências de compra para os seus clientes. Relatório informa que 48% dos brasileiros que utilizam smartphones já fizeram pagamentos com QR Code**. São muitas oportunidades para facilitar a rotina dos seus consumidores, como a velocidade na confirmação do pagamento, a diminuição de filas em estabelecimentos e a possibilidade de descontos específicos para a compra com o Pix.

 

Como integrar a sua empresa ao Pix?

 

Para começar a receber cobranças com o Pix, as empresas precisam se cadastrar em uma instituição financeira autorizada. O Banco Central do Brasil divide as instituições aprovadas em participantes diretos e indiretos.

 

- Participantes diretos: instituições financeiras ou de pagamento com conta no Banco Central.

 

- Participantes indiretos: instituições financeiras ou de pagamento que ainda não têm conta no Banco Central, e precisam de participantes diretos para utilizar a infraestrutura de liquidação.

 

Uma vez com a confirmação do cadastro, é só compartilhar sua chave Pix ou gerar um QR Code para o pagador.

 

Em empresas com uma quantidade expressiva de cobranças, a tecnologia do Pix traz muitas vantagens. Para aproveitar a inovação da melhor forma, é necessário contar com soluções que otimizem os processos de cobranças e integrem as operações financeiras ao Pix.

 

Cobranças com mais inovação

 

A transformação causada pelo Pix incentiva novos modelos e formatos para a realização de cobranças. Da compensação com tarifas reduzidas até a facilidade na gestão e conciliação, o Pix promoverá um ambiente de muitas novidades para a tarefa de cobrar os clientes.

 

Pensando nisso, a BluPay desenvolveu soluções de cobrança para facilitar a rotina das empresas. São cobranças que integram o Pix ao boleto, proporcionando as vantagens dos pagamentos instantâneos de uma forma simples e otimizada.

 

Com a BluPay, sua empresa emite cobranças com Pix e boleto, e deixa para o seu cliente decidir como fazer o pagamento (com QR Code ou código de barras). Em pagamentos com o Pix, o sistema entende essa autorização e emite as próximas cobranças apenas com o QR Code, resultando em mais economia a cada movimentação.

 

Nos dois formatos, as soluções da BluPay têm o menor preço do mercado!

tabela-com-preços-das-soluções-de-cobrança-da-blupay