Soluções financeiras para a sua empresa em 2021

homem-de-máscara-em-escritório-com-o-notebook-mantendo-distanciamento-social-para-outras-pessoas

Novos meios de pagamento, tecnologias, oportunidades. Você está pronto para o próximo ano?

 

Tempo estimado de leitura: 6 minutos.

 

Chegamos ao último trimestre e já estamos pensando nos tradicionais temas desta época, como presentes, feriados e festas, respeitando as recomendações sanitárias, obviamente.

 

Para as empresas, esse momento do calendário tem mais um fator especial: é a hora de finalizar o planejamento e estabelecer os objetivos para o próximo ano.

 

2020 tem sido desafiador para a maioria das pessoas. Enquanto cada setor da sociedade continua lutando para superar obstáculos, empreendedores e administradores concentram esforços na compreensão de novas maneiras de manter suas atividades e garantir a estabilidade dos negócios e de seus colaboradores.

 

É preciso estar atualizado e atento às oportunidades para se destacar em um cenário de tantas mudanças. Tecnologias surgem e são aprimoradas constantemente, ampliando o leque de possibilidades para instituições em diferentes áreas de atuação. Você já sabe como aproveitar essas inovações na sua empresa?

 

O novo post do blog da BluPay traz informações sobre as novidades no setor de pagamentos, e ideias para utilizar soluções financeiras e tecnológicas no dia a dia do seu negócio. Confira mais sobre:

 

  • Transformações no sistema financeiro;
  • Pagamentos digitais: mais oportunidades;
  • Colaboração e tecnologia.

 

Transformações no sistema financeiro

 

Vivemos um momento de democratização do sistema financeiro. O ano, que começou com a expectativa pelo Pix e os pagamentos instantâneos, termina com uma expressiva aceleração dos pagamentos eletrônicos, uma das consequências da pandemia no cotidiano dos brasileiros.

 

Um estudo da Americas Market Intelligence mostra uma significativa redução de 73% no total de desbancarizados do país. Segundo o levantamento, esse movimento foi impulsionado com o Auxílio Emergencial, disponibilizado em formato digital pela Caixa Econômica Federal e responsável por incentivar milhões de brasileiros para o novo formato.

 

Essa transformação incrementa o ecossistema financeiro do país, que já estava de portas abertas para a inovação. Cerca de 600 carteiras digitais e 800 fintechs atuam no mercado nacional, proporcionando mais opções aos clientes e reforçando uma agenda de inclusão defendida pelo Banco Central do Brasil.

 

Nesse movimentado contexto, duas novidades devem ser adicionadas ao planejamento da sua empresa para o que vem: Pix e Open Banking.

 

Pix: muitas possibilidades com os pagamentos instantâneos

 

Vem aí o Pix, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central! É um novo jeito de fazer e receber pagamentos, muito mais rápido e econômico do que os formatos tradicionais.

 

Com o Pix, a principal instituição financeira do país espera trazer mais competitividade e eficiência para o mercado, diminuindo custos e melhorando a experiência dos consumidores. A primeira fase do lançamento, que possibilita o cadastro de clientes e empresas interessadas, está um sucesso. São mais de 60 milhões de chaves Pix (como é intitulada a identificação no sistema) já cadastradas.

 

Veja abaixo algumas das principais vantagens do Pix.

 

  • Velocidade: com o Pix, o dinheiro cai na conta em segundos, enquanto DOCs e TEDs podem demorar até 1 dia útil para compensar.

 

  • Economia: gratuito entre pessoas físicas e com tarifas de apenas R$ 0,01 a cada 10 operações, o Pix é bem mais econômico do que transferências bancárias ou maquininhas.

 

  • Disponibilidade: o sistema é 24/7 e pagamentos aos fins de semana também são compensados em segundos. Não é mais necessário esperar a segunda-feira para ter o dinheiro na conta.

 

São impactos positivos que refletem diretamente no caixa. Pesquisa da Roland Berger estima que estabelecimentos, varejistas e vendedores podem deixar de pagar até R$ 13 bilhões em taxas para o setor de adquirência, responsável pelas maquininhas. Já imaginou ter essa economia no seu negócio?

 

A data de lançamento das operações do Pix é 16 de novembro. Até lá, consumidores e empresas se preparam para aproveitar os benefícios dessa nova, acessível, rápida e inovadora forma de pagar e receber (leia mais sobre o Pix no blog da BluPay).

 

Open Banking: aumento da competitividade

 

Outra inovação que vai movimentar o ecossistema financeiro é o Open Banking. Trata-se de um conjunto de tecnologias que estabelece um novo formato para as operações entre bancos, instituições financeiras, fintechs e clientes.

 

Dentre os principais objetivos, está a implementação de um modelo em que o cliente, dono de suas informações pessoais, é o responsável por decidir como, quando e com quais empresas compartilhar seus dados.

 

Essa transformação, que parece simples, amplia as possibilidades do setor. O Open Banking facilita a portabilidade de serviços, como créditos ou contratações de produtos financeiros, diminuindo a burocracia e aumentando a concorrência entre os participantes.

 

A primeira fase do Open Banking começa em 30 de novembro, com o compartilhamento de informações sobre serviços mais utilizados, como conta-corrente, crédito e canais de atendimento.

 

O plano de lançamento, dividido em quatro etapas, será totalmente concluído apenas em outubro de 2021. No entanto, a partir de maio também começam a ser compartilhados dados de cadastro e de transações, desde que autorizados pelos clientes (continue lendo sobre Open Banking no blog da BluPay).

 

Com a atuação conjunta entre os diferentes players da área, bancos e instituições financeiras poderão direcionar esforços para proporcionar serviços mais personalizados e baratos aos seus consumidores.

 

Essas mudanças podem ser vantajosas para o seu negócio, disponibilizando melhores opções para organizar seu capital de giro ou até mesmo para efetuar novos investimentos. É um ambiente motivador para interessados em soluções financeiras e em inovação na gestão administrativa.

mulher-sorridente-com-notebook-em-um-escritório

Pagamentos digitais: mais oportunidades

 

Levantamento da Mobile Time/Opinion Box reporta: 91% dos brasileiros que utilizam smartphones para acessar a internet já realizaram compras pelo aparelho. A mesma pesquisa mostra que 48% dos brasileiros fizeram pagamentos por QR Code, indicando o potencial da modalidade.

 

Se esse formato de pagar e receber já ganhava força antes do isolamento social, ele foi impulsionado no período de quarentena. Relatório do Capterra aponta que 96% dos clientes de carteiras digitais pretendem continuar utilizando as transferências sem contato, enquanto as compras por aplicativos cresceram 30%, segundo o Instituto Locomotiva.

 

Estamos falando de um mercado que movimentou cerca de R$ 1,8 trilhão em 2019. Por isso, facilitar e otimizar o recebimento de pagamentos digitais deve ser parte da estratégia de quem está em busca de melhores resultados.

 

Muitas empresas já estão adaptadas aos meios de pagamento eletrônico, mas nem todas extraem o melhor de cada operação. Pesquisar diferentes opções para a compensação dos recebíveis e negociar tarifas estão entre alguns dos detalhes que precisam ser considerados.

 

Segurança também é fundamental para reforçar a proteção de dados e operações. Em um ranking publicado pela Kaspersky, elencando os principais alvos de phishings (links maliciosos com tentativas de fraudes), o Brasil ficou em quinto lugar. Já em um relatório da TransUnion, 26% dos brasileiros entrevistados declararam ter sido vítimas de crimes digitais envolvendo cartões de crédito. 

 

Empresas preocupadas em disponibilizar uma estrutura segura de pagamentos digitais terão vantagens nesse competitivo ambiente.

 

Ótimos resultados no e-commerce

 

O comércio eletrônico é um dos principais responsáveis pelo desempenho dos pagamentos digitais. Com um faturamento de R$ 41 bilhões até agosto deste ano, o e-commerce deve se manter como um dos formatos de maior sucesso.

 

Promover a venda online de produtos e serviços deixou de ser um diferencial, e hoje é essencial. Maximizar as receitas das operações no e-commerce precisa estar em seu planejamento.

 

O Pix terá impacto direto na dinâmica do comércio eletrônico. Se o pagamento é compensado em segundos, pouco tempo após a compra o lojista poderá realizar o envio do produto, agilizando a entrega e melhorando a experiência do cliente.

 

Com o sistema de pagamentos instantâneos, vendedores têm uma nova opção de cobrança e podem atingir mais consumidores, especialmente aqueles sem um cartão de crédito.

 

Pagamentos com smartphones

 

Se há algumas décadas a principal funcionalidade do telefone celular era a ligação, isso mudou. Relatório do IBGE mostra que os brasileiros passam 3 horas por dia navegando em aplicativos nos smartphones. Dentre tantas opções de uso, o pagamento mobile está conquistando seu espaço.

 

E se o QR Code já está no cotidiano dos consumidores, com o Pix isso deve aumentar. Afinal, para concluir um pagamento, é só aproximar a câmera do código gerado pelo recebedor e pronto: movimentação realizada.

 

O Pix terá dois tipos de QR Code:

 

- QR Code estático: um código que pode ser utilizado para diferentes operações, interessante para facilitar as cobranças de comerciantes e lojistas;

 

-  QR Code dinâmico: um código específico para cada pagamento, que armazena datas e dados do recebedor e facilita a conciliação de operações.

 

São muitas oportunidades, não é mesmo? O seu planejamento está atualizado para otimizar o recebimento de pagamentos digitais e mobile? Há ações para a expansão do e-commerce? Considere as tendências e aprimore seus negócios em 2021.

 

cliente-com-a-câmera-de-celular-lendo-qr-code

Colaboração e tecnologia

 

Nós sabemos como é importante contar com parceiros de confiança. E para obter o melhor de cada novidade, sua empresa precisa de quem tem experiência, infraestrutura e tecnologia para inovar.

 

A BluPay, uma empresa do Grupo Valid, desenvolve soluções financeiras para otimizar as operações dos clientes. Nossa tecnologia disruptiva estabelece uma nova forma de fazer e receber pagamentos, com velocidade, economia e segurança.

 

Os sistemas e plataformas da BluPay se adaptam às necessidades do seu negócio. Contar com esse know-how é ideal para que você consiga inovar sem precisar de novos esforços ou investimentos. 

 

Integramos as suas operações ao Pix, para que sua empresa tenha os benefícios dos pagamentos instantâneos. Fomos aprovados pelo Banco Central, enquanto 22% das instituições que solicitaram adesão não foram autorizadas. É mais credibilidade e segurança.

 

Os produtos elaborados pela BluPay facilitam o envio e a arrecadação de cobranças, e possibilitam plataformas personalizadas com serviços de carteira digital para outras empresas. São muitas oportunidades!

 

Quer deixar o seu planejamento para 2021 ainda melhor? Fale com a BluPay e saiba como levar nossas inovadoras soluções financeiras para o seu negócio: https://blupay.com.br/contato#no-back